Dúvidas Freqüentes

Oferecemos aqui respostas para algumas dúvidas mais freqüentes de quem vai casar.

Quando e como definir a data do casamento?

1-Certifique que a data escolhida não coincida com feriados ou um final de semana prolongado

2-Para quem pretende fazer uma comemoração mais animada, não é aconselhado o casamento numa sexta a noite, muitos tem compromisso no sábado e podem esvaziar a sua festa.

3-Em casamentos ao ar livre, não se aconselha os meses de chuva ou os meses de frio.

Qual igreja escolher ?

Devem-se levar em consideração alguns itens:

1-Verifique qual o valor cobrado pela taxa da igreja, caso esta não seja a paróquia do seu domicilio;

2-Verifique se a capacidade da igreja é suficiente para acomodar a todos os seus convidados;

3-Caso você queira contratar músicos para a sua cerimônia, observe se há local e condições para que eles possam executar o serviço combinado;

4-Consulte qual a quantidade de padrinhos permitidos no altar durante a cerimônia;

5-Informe-se se a igreja ou paróquia em questão é de fácil acesso para os convidados, se há transporte coletivo para a mesma, caso não haja estacionamento, qual a facilidade para se estacionar na região;

6-Veja se a igreja não possui alguma oposição quanto aos profissionais que você vai contratar, decorador, músicos, fotógrafo,...

7-Qual a facilidade de se convidar outro padre para celebrar o casamento?

8-A igreja possui local e disponibilidade de se fazer o casamento civil na mesma?

9-Certifique de qual é o tempo e a obrigatoriedade do curso de noivos, e se há a aceitação do curso feito em outra paróquia

10-Se a igreja possui salão paroquial, quais as exigências para a utilização?Qual o valor do aluguel? Há infra-estrutura para os serviços contratados? (buffet, músicos, filmadores...)

Quem paga o que no casamento?

Ao pensar em casamento, os noivos devem se reunir com suas famílias e resolverem o que cada um pode ou quer contribuir para a realização do mesmo.
Não há nada que impeça das famílias arcarem em conjunto com as despesas da cerimônia, ou que uma ou outra banque o enlace, desde que todos estejam de acordo.

Pais separados o que fazer?

Não deve haver qualquer tipo de problema, até mesmo no convite.
Pela tradição, são os pais do noivo que convidam para o casamento e, mesmo separados, os respectivos nomes devem vir impressos nos lugares de praxe.
Uma outra opção é simplesmente omitir nos convites o nome dos pais e dos futuros sogros.
Neste caso, quem convida para a cerimônia são os próprios noivos.
Menos usual esta versão também vem sendo usada por noivos e noivas com um pouquinho mais de idade.

Como proceder com os agradecimentos aos convidados?

Ao retornar da lua-de-mel, tire um tempo para escrever os cartões de agradecimentos pela presença no casamento, os presentes enviados e, ainda, convidar a todos para conhecer a nova residência.

Que tipo de enxoval é o mais indicado?

Levando em conta o estilo do casal, o enxoval deverá suprir a necessidade de uma nova vida juntos.
Hoje não se precisa de um enxoval muito grande, pois o ritmo de vida nos impulsiona a ter uma casa menor, menos filhos, e a estar sempre na moda. (consulte nossa lista de enxoval)

O que faço com as luvas e os chapéus durante a cerimônia?

No inicio, a noiva entra na igreja calçando as luvas, que deverão ser retiradas no momento da troca das alianças, não se esquecendo de retiar as duas para não sair na foto com uma mão coberta e a outra descoberta.
As luvas só voltam a ser recolocadas após a saída da igreja, no carro.
Quanto ao uso de chapéus, é indicado apenas em casamentos realizados até às 17 horas.
Ainda que muitas noivas, mães e madrinhas não sigam esta regrinha à risca, depois deste horário são indicados apenas arranjos.