Planejando as despesas

Casar não é só festa. Um casamento significa também despesas, tempo e trabalho.
O preço de tudo isso vai depender do tipo de casamento e de recepção que vocês pretendem oferecer.

Hoje em dia não há regras fixas a seguir. O ideal é que as duas famílias se reúnam e decidam o quem paga o que, para evitar possíveis mal entendidos.
Nessa hora não deve haver brigas, apenas muita alegria.

A lista abaixo indica apenas uma relação "tradicional" de despesas, mas cabe a vocês decidirem a melhor forma de fazer esta divisão.

Despesas da família da noiva

Se todos concordarem, a família da noiva deve arcar com as despesas de:

- convites, participações, demais impressos, entregador e Correios;
- enxoval da noiva;
- vestido da noiva;
- decoração, flores e música da cerimônia;
- fotógrafos e cinegrafistas;
- transporte da noiva para a igreja e dos noivos para a recepção;
- serviço de segurança e manobristas, tanto na igreja quanto na recepção.
- aluguel do salão onde será realizada a comemoração do casamento, decoração, flores, música, serviço de buffet, bolo da noiva, gorjetas, etc.


Despesas da família do noivo

- taxas de cartório e honorários para o casamento civil;
- pagamento da cerimônia religiosa;
- honorários e despesas da estadia do padre (se ele vier de outra cidade);
- traje do noivo;
- algumas despesas com a viagem de núpcias.

Despesas da noiva

- exames pré-nupciais;
- presente para o noivo;
- presente para as madrinhas;
- aluguel ou confecção dos trajes das daminhas e pajens.


Despesas do noivo

- alianças;
- exame de sangue e espermograma;
- presente para a noiva;
- presente para os padrinhos;
- flores para as mães dele e dela.

Despesas dos Padrinhos

- Algumas despesas para a lua-de-mel dos noivos;
- Presente de casamento para o casal.