CONVITES UM DETALHE A MAIS

Em uma festa de casamento o 1º detalhe que irá chamar a atenção de seus convidados é o convite.

É importante que o convite seja compatível com a festa, pois é através dele que o convidado fará uma imagem de como será a cerimônia e a recepção, influenciando também na escolha do traje e do presente.

Se você deseja um convite elegante, vale a pena lembrar que a qualidade e a textura do papel, assim como uma boa impressão, deixam o convite mais sofisticado.

Os modelos quadrados e retangulares continuam sendo os mais procurados para casamentos formais, aonde o estilo clássico com envelopes, em papéis claros: branco ou pérola, com letras manuscritas em relevo americano, subscrita dos por um calígrafo, têm sempre o mérito de ser o mais adequado. Monogramas, bordas e forros perolados dão um ar de sofisticação.

Fugindo do tradicional, os noivos buscam convites cada vez mais arrojados e modernos.
Há quem diga que, pelo tipo de convite, dá pra imaginar a sofisticação ou a simplicidade de um casamento.
Assim, convites grandes são mais indicados para casamentos requintados, com número maior de convidados.
Já os pequenos são dirigidos à cerimônia mais simples. Durante o dia, é recomendável fazer convites mais clássicos, evitando cores fortes e tons como dourado e prateado.
Para cerimônias à noite, as alternativas podem ser cores mais marcantes e brilhos.

Para os noivos que estão casando na atualidade, o que importa é combinas o convite com seu estilo de vida.
Apesar do branco e marfim continuarem na moda, as mais preferidas são o laranja, vermelho e azul

Convites de papel reciclado têm feito muito sucesso.
No mercado, é possível encontrar com pétalas de flores, pimenta, alho, cebola ou trigo

Os convites de acetato estão entrando como uma forte tendência para casais da era da internet, sempre buscando inovar, eles colocam fotos nos noivos, desenhos estilizados ou caricatura

Tradicionalmente
são os pais dos noivos que convidam.
No caso de pais falecidos o nome vem acompanhado da expressão “(in memoriam)”, mas nada impede que os noivos convidem, principalmente se tiverem independência financeira ou for o 2 º casamento.
Em caso de cerimônia muito íntima ou apenas no civil, ou ainda se o casamento for em outro país, envie participações mencionando apenas a data do casamento e oferecendo a nova residência.

A recepção deve ser anunciada no próprio convite, pois quem vai a Igreja deve ser bem vindo à festa, porém senão houver festa não se preocupe em avisar.

Segundo a etiqueta, é deselegante colocar nos convites a frase:
“os noivos receberão os cumprimentos ou despedem-se na Igreja”.
Para um casamento mais descontraído podem ser usados papéis coloridos: amarelo, preto, roxo, com caricaturas, fotos e textos diferenciados.

Evite anexar
aos convites cartões contendo o nome das lojas em que os noivos deixaram as lista de presentes.
Espere que os convidados perguntem e aí você ou o cerimonial indicarão as lojas.

Enfim, para que tudo dê certo, contrate um bom profissional, não se deixe levar apenas pelo “menor preço”, solicite uma prova do texto e encomende os convites com uma boa antecedência, para que eles possam ser entregues 45 dias antes do casamento, e não esqueça de pedir uma sobra de 20 ou 30 convites (é comum lembrar de mais pessoas na última hora).

Não custa nada verificar de perto a idoneidade da empresa que vai realizar o serviço de impressão de seus convites.
Se você conhece alguém que utilizou este serviço recentemente não custa nada perguntar, ou senão fique atenta ao prazo de entrega e a qualidade nas provas

Não esqueça
: o convite é o “cartão de visita” de seu casamento.