O CORTEJO

Antes da entrada triunfal da noiva, é importante nos preocuparmos com o cortejo.

Ao logo da história, o cortejo continua sendo indispensável na celebração do casamento.
Além de ser bastante antiga, os costumes não mudaram muito e nem saíram de moda.

Como toda tradição, o cortejo deve obedecer uma seqüência.
Em primeiro lugar entram os padrinhos, pois são as testemunhas do casamento.
Depois, vêm a mãe da noiva ao lado do pai do noivo.
Em seguida entra o noivo e a sua mãe.
No desfecho final, a noiva e o seu pai.
No cortejo ainda deve-se ter espaço para as damas e pajens, que trarão as alianças.
O pajem ou a dama que trouxerem as alianças, se for permitido pela igreja, poderão entrar no meio da cerimônia.
As alianças ainda poderão ser trazidas pelo noivo.

Algumas igrejas limitam para apenas a chegada do noivo e posteriormente, a entrada da noiva, por isto é importante se informar se sua igreja autoriza um número maior de entradas (padrinhos, daminhas, pais e noivos).

Se o local onde sua cerimônia será realizada permite o cortejo, vale a pena conhecer como funciona este processo.
Depois, é só se preparar para a sua entrada triunfal!

No cortejo das daminhas podem ser adotadas duas formas.
As noivas podem optar pela entrada conjunta (daminhas na frente e noiva logo atrás) ou separada (as daminhas entram, a porta se fecha novamente e daí a noiva entra).

Há noivas e fotógrafos que prefiram a entrada separada.
Eles acreditam que as crianças atrapalham um pouco, seja no andar da noiva como no momento de fotografar.